ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, 16h:57
Tamanho do texto A - A+
Twitter
GRAVAÇÃO

MPE vai investigar áudio onde Jajah diz que devolve VI para Wilson Santos

Por: Redação

Reprodução

 

O Núcleo de Defesa do Patrimônio Público do Ministério Público Estadual (MPE) anunciou na tarde de hoje que irá investigar o áudio divulgado ontem atribuído ao deputado estadual Jajah Neves (PSDB), no qual o parlamentar aparentemente admite que repassa o dinheiro da Verba Indenizatória que recebe ao secretário de Cidades, Wilson Santos (PSDB).

A informação é da assessoria de imprensa do órgão. O áudio está inserido em um vídeo apócrifo que foi divulgado na internet na quinta-feira (11) e viralizou nas redes sociais. 

Conforme a assessoria de imprensa do Ministério Público, o Núcleo de Defesa do Patrimônio Público instaurará Notícia de Fato na próxima semana. Notícia de Fato é uma investigação que precede a fase de inquérito.

Jajah ocupa a vaga de Wilson Santos na AL-MT, desde que ele assumiu a Secretaria de Estado de Cidades. Cinco promotores podem liderar o caso, que ainda será sorteado: Henrique Schneider Neto, Célio Joubert Furio, Roberto Aparecido Turin, André Luiz de Almeida e Mauro Zaque de Jesus.

Jajah Neves prometeu justificar o áudio na próxima terça-feira (16). Santos não emitiu pronunciamento.

No aúdio, Jajah também reclamou que, apesar de estar no exercício do cargo, não conseguiu emplacar nenhum aliado em cargos de indicação política junto ao Governo do Estado.

“Suplente sem conseguir meter uma nomeação. Cai minha VI e eu tenho que devolver para Wilson se não ele começa a me ligar três dias antes de cair”, disparou.

Jajah Neves teria dito que "sustenta" a TV Mato Grosso (canal 27.1), onde apresenta um programa, com dinheiro público.

“Emissora de TV que não tem nenhuma publicidade. Eu sustento aquilo ali com dinheiro público que vem. Cai o dinheiro não é por causa da mídia, é por causa de mim. Não chega para ninguém. Chega por causa de mim. Tudo é sustentado pelo Governo e pela Assembleia”, disse a gravação atribuída a Jajah Neves.

Na "metralhadora giratória" do político, Jajah não poupou nem o seu irmão, o vereador de Várzea Grande, Ademar Jajah (PSDB). Ele disse que apesar de resolver a “vida” do parente, ajudando-o a vencer a eleição para a Câmara Municipal de VG, ainda está devendo até o “c*”.

 

Twitter



Edição 139 julho de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.